10 de novembro de 2019

Chicago: um roteiro com City Pass + Big Bus Tour (dica bônus ao final)

Por leandrodall

Chicago é, ainda, uma cidade pouco explorada.

É inevitável a comparação com Nova Iorque – os estilos de atrações turísticas são bem parecidos (veja depois nosso post na categoria Nova Iorque com uma sugestão de roteiro diferente e de graça). As similaridades, porém, vão só até aí.

Chicago teve um grande incêndio no final do século XIX.

Grande parte da cidade foi reduzida a cinzas.

As causas das chamas ainda são desconhecidas. Em meio à tragédia, tal qual como a fênix da mitologia grega, Chicago reergueu-se como um lugar moderno, vibrante e arrojado. Tem uma arquitetura inigualável e uma beleza raramente vista em metrópoles.

Conheça Chicago: um destino para todas as idades.

POR QUE O CITY PASS?

Uma grande vantagem de Chicago é que as atrações turísticas são excelentes, porém concentradas em poucos bairros. Por causa disso, normalmente são bem concorridas.

Aí entra o City Pass.

Além de oferecer um desconto no valor das principais atrações (caso compradas em separado), você tem acesso prioritário, ou seja, fura-fila legalizado, do bem, poupando tempo e dinheiro nas atrações.

O QUE INCLUI:

  • Shedd Aquarium (EXCELENTE PARA TODAS AS IDADES);
  • Skydeck Chicago;
  • Field Museum (MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL – EXCELENTE PARA TODAS AS IDADES);
  • Adler Planetarium (EXCELENTE PARA TODAS AS IDADES) OU Art Institute of Chicago;
  • Museum of Science and Industry (EXCELENTE PARA TODAS AS IDADES) OU 360 Chicago Observation Deck.

O valor do City Pass é US$ 108.00 para adultos e US$ 89.00 para crianças entre 3 e 11 anos de idade.

Se fosse comprar ingresso individualmente para cada uma das atrações acima (pesquisa realizada no site de cada atração com ingresso correspondente ao oferecido pelo City Pass), seu custo seria esse:

  • Shedd Aquarium (US$ 39.95 para adultos e US$ 29.95 para crianças entre 3 e 11 anos de idade);
  • Skydeck Chicago (US$ 25.00 para adultos e US$ 17.00 para crianças entre 3 e 11 anos de idade);
  • Field Museum (US$ 40.00 para adultos e US$ 29.00 para crianças entre 3 e 11 anos de idade) ;
  • Adler Planetarium (US$ 35.00 para adultos e US$ 24.00 para crianças entre 3 e 11 anos de idade) OU Art Institute of Chicago (US$ 16.00);
  • Museum of Science and Industry (US$ 31.95 para adultos e US$ 19.95 para crianças entre 3 e 11 anos de idade) OU 360 Chicago Observation Deck (US$ 22.00 para adultos e US$ 15.00 para crianças entre 3 e 11 anos de idade) .
  • TOTAL US$ 142.95 PARA ADULTOS (OPÇÃO ART INSTITUTE OF CHICAGO E 360 CHICAGO OBSERVATION DECK) E US$ 106,95 PARA CRIANÇAS (MESMAS OPÇÕES SELECIONADAS PARA OS ADULTOS)

Ou seja, se sua intenção for visitar as principais atrações de Chicago, vale a pena comprar o City Pass pela economia de tempo e dinheiro.

Skydeck Chicago (Willis Tower)
Essa é a sensação de estar no topo do mundo (103° andar para ser mais exato)

Shedd Aquarium, além de possuir ótimas instalações, tem um show imperdível. É o seu dia de Orlando em Chicago:

Art Institute of Chicago

Ao lado do Art Institute of Chicago fica uma praça chamada Millenium Park. Nela tem duas atrações grátis bonitas e imperdíveis:

Crown Fountain (uma fonte com projeções de fotos em led)
Famoso FEIJÃO (Cloud Gate ou Bean) de Chicago
(dica: vá embaixo da escultura e veja que legal ficam as fotos)

IMPORTANTE: O CITY PASS tem validade de nove dias consecutivos a partir do primeiro ingresso utilizado (o que é tempo mais do que suficiente para os passeios inclusos). Maiores informações você confere no site oficial que é esse aqui https://www.citypass.com/chicago

E O BIG BUS TOUR NISSO TUDO?

Bom, comentei lá atrás sobre a beleza de Chicago e sua arquitetura. É uma cidade muito linda.

A vantagem de você andar em um ônibus turístico (e não de Uber, por exemplo) é ter mais tempo para contemplar os lindos prédios e a paisagem urbana de Chicago. Se essa não for sua pegada, tudo bem. Vá de Uber que você vai chegar do mesmo jeito. Mas, aconselharia admirar Chicago.

Além disso, os percursos oferecidos acabam cobrindo as atrações do City Pass. Você economiza tempo de deslocamento e tem o bônus de contemplar a cidade.

Confira aqui as opções de ingresso do https://www.bigbustours.com/en/chicago/chicago-bus-tours/ .

Para deixar a paisagem mais top ainda, quando fomos, estava tendo uma espécie de exposição com esculturas de cachorros por toda a cidade. Surreal!

DICA BÔNUS:

Uma atração magnífica de Chicago é o gigantesco lago Michigan. A melhor maneira de conhecê-lo é alugando uma bike e passeando ao seu redor.

Quando não está congelado, vira uma prainha deliciosa para curtir um sol e dar um mergulho gostoso (especialmente depois de pedalar – vai te dar outra vibe).

Sobre o aluguel de bike, Chicago tem um programa público de compartilhamento de bicicletas chamado DIVVY (site oficial é esse aqui https://www.divvybikes.com/ ).

Você pode pagar por uma viagem curta de até 30 minutos (US$ 3.00) ou por uma viagem longa de até 3 horas (US$ 15.00).

Sugiro baixar o app aqui no Brasil e já ir dando uma fuçada para ir se familiarizando.

Termino hoje por aqui.

Chicago é um destino surpreendente que vale a pena descobrir.

Seja qual for o seu estilo, você vai se encontrar nessa linda cidade. Enjoy!!!