Anúncios

Nova Iorque: I want to ride my bike no Central Park

Nova Iorque são muitas viagens em apenas uma cidade. O fantástico sistema público de transporte te dá uma mobilidade excelente para desbravar cada canto dessa vibrante metrópole.

Tanto estímulo pode saturar um pouco e uma escapadinha estratégica para o Central Park é uma saída para recarregar as baterias e continuar desbravando a capital do mundo.

Possui uma extensão invejável 3,42 quilômetros quadrados (a título de comparação, o parque Ibirapuera, na capital paulistana, tem 1,58 quilômetros quadrados).

Cada centímetro do Central Park é repleto de atrações. Olha só isso:

Se Nova Iorque é um filme, o Central Park é um dos principais cenários.

Vingadores? Tem cena lá (é no Bethesda Terrace e se trata da cena final do filme).

Esqueceram de mim 2? Também (detalhe para a aparição do Donald Trump como chefão do hotel The Plaza).

O chafariz do Friends? Esse não (é lenda que o Bethesda Fountain seja aquele utilizado na abertura – sorry).

Inclusive, se você for um cinéfilo, tem uma excursão de 2 horas que passa pelas locações de diversos filmes no Central Park (clique aqui para maiores informações).

Caso queira passear de boa, sem rumo certo, sem lenço e sem documento, não esqueça de ter um mapa (ou GPS em mãos). Lembre-se que o parque é gigantesco.

Imagem de Central Park Conservancy (link aqui)

Agora, se você quiser cobrir uma área maior do parque e ter uma experiência diferente, sentir o vento batendo no seu rosto e, de bônus, ainda queimar algumas calorias, alugar uma bike pode ser uma ótima ideia.

Imagem de Central Park Conservancy (link aqui)

Esse aí é o mapa para quem gosta de pedalar.

Por que não dar umas paradinhas e curtir também a paisagem? Aqui o roteiro quem faz é você. Não tem essa de certo ou errado – é o que te faz feliz que importa 🙂

Quer dar uma de Speed Racer? Acelera, Rubinho. Quer ter aquele momento romântico a dois? Go for it, Tiger. Momento Madagascar? Dê um pulo no Zoo (spoiler: tem vários animais – pinguins inclusive -, mas Alex & sua trupe estão no zoológico do Brooklyn e não aqui).

ALUGANDO SUA BIKE

São várias as empresas que oferecem esse serviço e – aparentemente – todas são iguais.

Vou ser sincero que optamos pela Central Park Sightseeing porque tinha um desconto para as reservas efetuadas online (link aqui).

O atendimento é bem ágil e tem algumas importantes para você saber:

  • É feito um débito no seu cartão de crédito como garantia do aluguel (posteriormente estornado após o término do seu passeio – vale a pena conferir na sua fatura);
  • É retido um documento seu no momento do aluguel, devolvido quando você retorna com a bike. A dica aqui é: deixe seu RG ou sua carteira de motorista, mas nunca o seu passaporte (nunca, never, niemals, 曾经, jamais);
  • É oferecido um valor adicional a título de seguro contra acidentes (o preço não era alto e acabei fazendo para evitar qualquer dor de cabeça – não tivemos nenhum problema).

Junto com a bike, virá um capacete e uma trava – caso queira andar um pouquinho pelo parque.

O aluguel é por hora. Optamos por três e foi tempo suficiente para rodar em boa parte do parque, com direito a paradinhas estratégicas e poses para fotos.

Foi um passeio e tanto.

Queimamos muita caloria. Para não ter vertigem e evitar a fadiga, já emendamos no Beyond Sushi ( 62 W 56th St, New York, NY 10019 ) para manter o universo em equilíbrio (lei universal de Thanos).

Não se esqueça de ir com roupa e tênis confortável, levando aquele protetor solar e uma água para hidratar.

Curtiu? Enjoy the ride and the view (aproveite o passeio e a vista).

Anúncios

Publicado por leandrodall

Acredito que a vida pode ser EXTRAORDINÁRIA, não importa a circunstância. Cresci em um conjunto habitacional (antes o nome era BNH, agora é COHAB), onde vivi momentos lindos, mas também (bem) desafiantes. Com muito estudo, trabalho e fé tenho vivido. Administrador de empresas por formação, copywriter e escritor por paixão, viajante por hobby, minha maior aventura começou quando conheci a Jú, esposa e companheira em todas as horas (seja dia, seja noite, ela tá lá, digo, aqui do meu lado). Temos rodado o Brasil e o mundo há pelo menos 10 anos, viajando por conta própria e na raça. Decidimos compartilhar nossas experiências, de maneira leve, prática e divertida, para incentivar outras pessoas a descobrirem suas próprias aventuras. Seja o protagonista, roteirista e diretor de sua vida. Por que não começar a viajar mais e melhor HOJE? AGORA VAI!!!

Um comentário em “Nova Iorque: I want to ride my bike no Central Park

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: