20 de novembro de 2019

Bate-volta de Lisboa: conheça a surreal e imperdível Sintra

Por leandrodall

A 25 quilômetros de Lisboa está Sintra – um lugar surreal e a maior quantidade de castelo por metro quadrado do planeta (na minha opinião pelo menos).

É um desses passeios de um dia que vale super a pena, reservando muitas surpresas para os seus visitantes.

Vamos falar de suas principais atrações, antes, porém, o básico: como chegar a esse curioso destino.

O melhor jeito (e mais barato meio) é de trem. Sim, já falamos aqui e repetimos: transporte público europeu é maravilhoso e tem ótimo custo x benefício.

Considerando seu ponto de partida a capital portuguesa (Lisboa), dirija-se à estação ferroviária do Rossio e vá até a estação Sintra. Não tem erro. A viagem dura cerca de 40 minutos (são 14 paradas).

Se você estiver hospedado na região do Parque das Nações (onde tem o Oceanário), fica mais fácil pegar o trem para Sintra na bela estação ferroviária Oriente – que fica ao lado do shopping center Vasco da Gama, onde há boas opções de compras e de alimentação (pode ser aquela parada estratégica para quando você voltar do seu passeio).

Chegando em Sintra, você precisa pensar em seu deslocamento na cidade. Tem a opção de táxi, de Uber, de Tuk Tuk (coloquei a foto embaixo para aqueles que não conhecem) e de ônibus turístico.

Particularmente, penso que Uber e depois táxi são opções para quando você está cansado de andar (tem a questão do tempo de espera – não é Nova Iorque – e do custo do transporte).

Os Tuk Tuk oferecem alguns roteiros com paradas nos principais pontos turísticos e são bem caros. Fica esperto porque as “paradas” de alguns são apenas para tirar fotos e completar o circuito. Se você estiver com pressa, pode ser um opção. Até cheguei a fazer um esquema assim em Lisboa e me arrependi (valeu a experiência para contar aqui).

O que gostei mesmo e indico com muita tranquilidade são os ônibus turísticos em Sintra (tipo hop on – hop off, ou seja, paga só uma vez e sobe e desce quantas vezes quiser). São duas linhas que cobrem os principais pontos turísticos da cidade:

  • Linha 434 (Circuito da Pena): Castelo dos Mouros, o Palácio da Pena, o Palácio da Vila e o Parque da Liberdade ;
  • Linha 435 (Circuito Palácios): Palácio da Vila, o Palácio da Regaleira, o Palácio de Seteais e o Palácio de Monserrate.

O que considero imperdível:

Palácio (ou Quinta) da Regaleira

Construção neogótica, com belos jardins e passagens “secretas” interessantes. Não deixe de descer até o fundo do poço (literalmente) e se aventurar em algumas grutas logo abaixo (tudo com bastante segurança). Caso queira um pouco de história, não deixe de pegar seu audioguia logo na entrada do passeio.

  • Horário de funcionamento: em geral, abre 9:30 e fecha às 18:30 (varia conforme a temporada);
  • Preço de entrada: 8 euros por pessoa (é possível comprar o ingresso antecipado no site oficial, que você acessa aqui);
  • Tem uma lanchonete com algumas opções de lanches, petiscos e bebidas.

Parque e Palácio da Pena

É um castelo bem diferente. Não segue um único padrão arquitetônico e a impressão que dá é que cada monarca quis deixar sua marca pessoal nessa construção (ego de majestade e excelências no geral podem ser um tanto quanto complicados). É bem colorido e as diversas salas estão todas decoradas, dando um vislumbre de como seria a vida nesse lugar.

Além do palácio, há um belo parque natural que vale a caminhada.

Prepare-se para a fila e para uma atração bem concorrida. Vale a pena!

  • Horário de funcionamento: abre às 10:00 e fecha às 18:00;
  • Preço de entrada: 14 euros por pessoa (a bilheteria é logo na entrada da atração);
  • Tem um restaurante bacana com opções de comida e bebida para todos os gostos.

Castelo dos Mouros

Foi uma fortificação estratégica, no topo das montanhas de Sintra, com uma ampla vista de toda a região. De todos os castelos, é o menos conservado – depois da retomada portuguesa, só restauram ruínas. Ainda assim, vale o passeio pelo que restou e pela bela paisagem que você só encontra aqui. Foi o meu castelo favorito de Sintra.

  • Horário de funcionamento: abre às 10:00 e fecha às 18:00;
  • Preço de entrada: 8 euros por pessoa (a bilheteria é logo na entrada da atração);
  • Tem uma lanchonete com alguns quitutes (dos três palácios, é o que tem menos opções).

Depois de tanto palácio, vale a pena separar um tempinho para dar uma caminhada, sem compromisso, pelo centro de Sintra. Cansou? Pegue o trem de volta para Lisboa e tente algo diferente no dia seguinte. Quem sabe esse roteiro fora da caixa não seja bacana pra você (clique aqui)?

Anúncios