26 de novembro de 2019

Viajando em casa

Por leandrodall

Acordo com a cabeça pesada e o corpo até meio dolorido – sinais de que dormi mais do que estou acostumado.

Olho para o relógio e lembro que hoje é o dia que ele descansa e eu também – viva o domingão!

Aquela alongada básica para começar a despertar o corpo (a mente ainda vai mais um tanto). Um banho gostoso e demorado (água dá vida e vigor). Como é mágico o dia sem compromisso, sem horários cravados e compromissos com os outros – é a sensação plena de liberdade.

O dia lá fora tá chuvoso, aquele dia típico de preguiça, para não sair da base, ficar de boa e recarregar as baterias.

O preparo e a degustação do café da manhã já são um ponto alto nessa manhã (nada como ter mais do que três minutos para essa importante refeição).

Preguiçoso ou não é mais um dia e como tal não pode ser desperdiçado. O que fazer em um dia com tantas possibilidades?

Posso colocar a leitura em dia, posso maratonar alguma coisa no streaming, posso ir para a academia (só de pensar já cansei, mas tinha que considerar todas as opções)… Ou posso começar uma viagem.

Viagem é sempre a melhor opção.

Pode faltar tempo e dinheiro, mas nunca disposição.

Sobram lugares que quero conhecer; maior que isso só a vontade de realizar.

E não quero desperdiçar nada, nem esse dia preguiçoso.

Sabe, o lance de viajar é muito mais do que um hobby ou um jeito chique de gastar dinheiro. É um estilo de vida. É um ideal de existência.

Posso viajar em casa quando estou em um blog de viagem.

Posso viajar em casa quando leio um bom guia sobre um destino que quero conhecer.

Minha viagem começa em casa com um bom programa sobre turismo (seja em qual plataforma for).

Seja qual for seu sonho de viagem (e de vida), quanto mais você pesquisar e aprender sobre esse destino, mas você estará perto dessa jornada.

O conhecimento, quando bem aplicado, é a ferramenta que separa quem consegue e quem fracassa.

Nossa mente é tão linda que pode alcançar aquilo que idealizou quando planeja e se aplica na execução.

Sua viagem começa em casa:

  • com um clique;
  • com um parágrafo;
  • com um pensamento;
  • com uma atitude.

Jamais diga que não possa. Jamais pense que não possa. Jamais dê crédito aos críticos e pessimistas de plantão (isso diz muito mais sobre as impossibilidades deles do que às suas).

Apenas alimente seu sonho e comece hoje sua viagem.

Não há limites para os que sonham e planejam e executam.

E aí, qual seu próximo destino?