9 de janeiro de 2020

O Google e o Princípio do Rodízio

Por leandrodall

Já ouviu a expressão “quem sabe googlar vai para qualquer lugar”?

Sei que soou estranho, mas tenho certeza que você entendeu o que quis dizer. Muito mais que um português puritano, estilo Dom Casmurro ou algo sonolento do tipo, prefiro a clareza da mensagem – os formalistas que me desculpem, mas a essência sempre deve prevalecer sobre a forma, uma vez que esta é mutante e sujeita às circunstâncias da atualidade, mas aquela é eterna.

Em um mundo digital, mais virtual do que real, a linguagem se transforma para abraçar um novo estilo de vida (sim, gostamos de pedir comida via UBER EATS, maratonar na NETFLIX e interagir nas redes sociais) com todas as suas vantagens e adaptações necessárias.

É nessa nova visão de mundo que novas ferramentas se destacam, inclusive aquela que não vivemos mais sem: GOOGLE.

Para mim e para você, viajantes por paixão, é impensável planejar e executar um roteiro de férias sem dar um GOOGLE. Dentre todos os avanços que como humanidade temos experimentado, a REVOLUÇÃO DA INFORMAÇÃO é, sem dúvida, a mais igualitária e empoderadora.

Como TODO GRANDE PODER TRAZ GRANDE RESPONSABILIDADE (obrigado, tio Ben pela pérola de sabedoria), precisamos aprender a domar essa ferramenta poderosa.

A maior vantagem pode se transformar em desvantagem quando em excesso. Chamo isso do PRINCÍPIO DO RODÍZIO. O que quero dizer? Aquele que come muita linguiça, fica cheio quando chega a picanha (substitua por alface/pãozinho e depois shimeji/shitake se for vegetariano estrito como eu).

Quando a gente perde muito tempo e energia consumindo informação fake, desnecessária e/ou excessiva, estamos “estufados” quando a informação útil, relevante e de boa qualidade aparece.

Como segurar o apetite e sobrar espaço até para a sobremesa? Seja ESPECÍFICO no que você procura! Vou dar um exemplo de PASSAGENS AÉREAS.

Essa busca vai te trazer um resultado gigantesco e vai te deixar meio “cheio” se você olhar um a um. Prefiro resultados consolidados, ou seja, tipo um “portal” com as diversas opções do que olhar os fornecedores individualmente.

Nesse sentido, atendendo esse meu critério, os meus favoritos são o GOOGLE FLIGHTS e o SKYSCANNER. Se sua viagem for para a Europa e você quiser pesquisar todos os meios de transporte disponíveis, por exemplo, de Berlim para Varsóvia, o OMIO (antigo GO EURO) é também uma excelente opção.

Podemos fazer assim com HOTÉIS, ROTEIROS, GASTRONOMIA e tudo o que você precisa para uma viagem bacana e sem preocupações. Aliás, nosso livro aborda todas essas e outras questões para você viajar mais e melhor (clique aqui e aproveite a promoção de início de ano que termina em 30/1/2020).

DISCLAIMER: Não sou remunerado por nenhuma das indicações efetuadas, portanto, não há conflito nenhum de interesse aqui. Apenas divido o que tem funcionado para mim, para o meu estilo de vida e para minhas viagens, e entendo que pode ser bom para outras(os) viajantes também (saiba mais aqui).

Anúncios