3 de março de 2020

Dólar a ser cobrado na fatura do cartão de crédito passa a ser o da data da compra

Por leandrodall

Começou a valer desde ontem (2/3/2020), regra do Banco Central do Brasil (BCB) em que as compras efetuadas em moeda estrangeira, a serem lançadas na fatura do cartão de crédito, passa a ser a da data da compra internacional (inclusive via internet) e não mais do dia de fechamento da fatura.

Essa medida é muito bem-vinda.

Antes, fazíamos uma compra em viagem e ficávamos torcendo para que não houvesse variação cambial até o fechamento da nossa fatura. Um contágio no meio do caminho fazia um belo estrago no orçamento.

Agora não.

Com a entrada em vigor dessa medida, estabelecida, aliás, em 2018 pelo Bacen, as administradoras de cartão, além da taxa do dia da compra, deverão detalhar o cálculo das cotações utilizadas.

Além de maior transparência, pode aumentar a competitividade, uma vez que as instituições financeiras sempre embutem um “a mais” (ágio) nas taxas de conversão. Sabendo disso, os consumidores poderão buscar estabelecimentos que cobrem taxas justas de seus clientes.

Isso facilita o controle dos gastos e nos ajuda a ter um melhor planejamento de viagem.

Toda medida nesse sentido deve ser aplaudida. Por mais e melhores viagens, por mais e mais brasileiros viajantes, por mais e mais sonhadores transformadores da realidade.