26 de maio de 2020

LATAM entra com pedido de recuperação judicial nos EUA

Por leandrodall

Das cerca de 300 companhias aéreas ao redor do mundo, a expectativa é que restem umas 50 depois da crise do COVID-19.

E as vítimas começam a aparecer ao redor do mundo e a bola da vez é a LATAM – a maior da América Latina. Anteriormente, a Avianca Holdings já havia feito um pedido parecido.

Destaque-se que as unidades da LATAM na Argentina, no Brasil e no Paraguai não estão incluídos no processo de recuperação judicial nos EUA. Entretanto, serve de alerta para as mudanças que ocorrerão nesse mercado.

A expectativa é que a pancada maior sejam nas áreas de baixo custo, o que acabaria com a recém-prometida democratização e barateamento das passagens – tão necessária e desejada pelos brasileiros.

Em relação à GOL e AZUL não há nenhuma informação mais específica. O que esperamos é uma ação conjunta entre governo e empresários para a corda não estoure do lado mais fraco – funcionários e consumidores.

(Fonte: Infomoney)

Anúncios