unrecognizable ethnic dancer showing original trick on pavement near bushes
17 de agosto de 2020

Você é original e não pode ser substituída(o)

Por leandrodall

How I met your mother, The Big Bang Theory e Friends, além de sitcoms de sucesso, tem muito mais em comum. Aliás, uma das semelhanças é muito mais antiga do que pensamos.

Em 1820, dois apreciadores de espetáculos musicais teriam criado um fenômeno chamado claque. Além de assíduos frequentadores, os senhores Sauton e Porcher eram negociantes do aplauso. De maneira pública, ofereciam seus serviços para produtores musicais, desde aplausos até pedido de bis. Tudo tinha um preço, claro.

Diversas séries e shows humorísticos usam, ainda hoje, de expediente similar: trilhas de risadas.

Ou seja, quando você está assistindo sua série humorística favorita, quando determinado personagem faz um piada, ouve-se risadas ao fundo, indicando ao espectador o momento de dar risada também. Ora, se todos estão rindo é porque deve ser engraçado, pensa nosso subconsciente.

Esse fenômeno, presente em diversos aspectos do nosso dia a dia, é chamado aprovação social.

Ele tem a ver com o funcionamento de nosso cérebro. Como nosso sistema 2 de pensamento (o analítico, o racional) consome muita energia, o sistema 1 (o automático) se utiliza de diversos mecanismos para “facilitar” a nossa vida. É tipo um piloto automático que nos auxilia em muitas (mas não em todas) situações.

Em certas ocasiões é melhor seguir o que a maioria segue (pensamento de rebanho). Quando estamos inseguros quanto a alguma coisa, seguir o que outros estão fazendo é uma possibilidade.

E, de maneira mais específica, seguir, o que pessoas semelhantes a nós fazem, melhor ainda.

Não é à toa que anúncios de tudo quanto é tipo de produto e serviço têm utilizado, cada vez mais, “gente igual a gente” na divulgação.

Como todas as armas da persuasão, abordadas pelo bacana livro de Robert Cialdini, é necessário atenção para fugirmos de associações forçadas. Nem sempre os “depoimentos espontâneos”, “testemunhos de mudança de vida” e coisas do gênero são relevantes em nossa vida.

Aliás, sempre que alguém recebeu algum tipo de pagamento e/ou benefício para fazer uma propaganda, desconfie porque tem conflito de interesse aí no meio.

Como Katy Perry bem coloca em sua canção Fireworks, você e eu somos originais. Não há sentido vivermos em constante imitação ao que os outros estão fazendo ao nosso redor, a menos que faça sentido para a nossa vida.

Preocupe-se em ser você mesmo. Os outros, estão preocupados demais em ser eles mesmos.

Até porque, como diria Warren Buffett, pode parecer fácil passar a vida imitando os outros, mas só até o outro sujeito tocar a nota errada