29 de dezembro de 2021

Achei a minha Shangri-lá em Serra Negra

Por leandrodall

De acordo com matéria publicada na Revista Superinteressante, Shangri-lá seria um lugar fictício do livro Horizonte Perdido, escrito pelo inglês James Hilton em 1933.

O local fantasioso seria um paraíso pacífico, idílico  e simplesmente perfeito, escondido em algum lugar das montanhas do Tibete.

James Hilton não chega a explicar o significado de shang (coincidência ou não, é o nome de uma região no oeste do Tibete).

No dialeto localEm tibetano, ri significa “montanha” e la quer dizer “passagem”. Assim, Shangri-lá significaria algo como “passagem da montanha na região de Shang”.

O livro fez tanto sucesso que Shangri-lá ganhou o status de lenda, junto de cidades fantásticas ao lado de como Shambala, Atlântida e El Dorado.

Verdadeiro ou não, o fato é que nós, viajantes, em nossas andanças Brasil e mundo afora encontramos algumas Shangri-lás por aí.

Encontrei a minha em Serra Negra, interior de São Paulo.

O restaurante, hotel e Spa Shangri-lá (juro que o nome não foi mera coincidência) fica situado cerca de 5km do centrinho de Serra Negra.

É uma localização bem privilegiada, tendo uma vista bem bonita da região.

O restaurante tem um cardápio contemporâneo, variado e boas opções veganas (tem a lasanha vegetariana que, sem o queijo, vira vegana e o risoto de cogumelos, excelente também).

O atendimento foi muito bacana e deixo aqui o reconhecimento especial ao Aquiles que nos proporcionou uma ótima experiência gastronômica.

Curta cada pedacinho do local que é muito especial!

São momentos assim que fazem a vida valer a pena, dando aquele refresco de sabor quando mais precisamos!

E você? Já descobriu sua Shangri-lá? Temhk certeza que está mais perto do que pensa!