Não seja GENTIL no aeroporto (melhor jeito de não estragar sua vida em poucos segundos)

João Marcos esteve recentemente em Praga para uma reunião de negócios. Satisfeito com os resultados, não imaginou a consequência de uma simples gentileza para uma desconhecida.

A segunda torre de Paris

A Torre Eiffel todo mundo já conhece (e você mais ainda porque tenho certeza que leu meu post sobre esse assunto). O que pouco se fala é que Paris tem uma segunda torre e que ela é ideal para ter uma vista noturna da cidade-luz (aqui você vai ver que essa fama não é àContinuar lendo “A segunda torre de Paris”

Comprando ingresso para a Torre Eiffel

Edifício mais alto de Paris e o monumento pago mais visitado do mundo, a famosa torre já gerou muita controvérsia entre os parisienses. Estaria estragando a paisagem? Seria uma grande intrusa na organizada capital francesa? Polêmicas de lado, sua viagem a cidade luz estaria incompleta se você não visitar a Torre Eiffel. É parada obrigatória.Continuar lendo “Comprando ingresso para a Torre Eiffel”

Um Domingo (na) Paulista(no) e o melhor: PASSEIOS GRATUITOS

Eu sempre tive um sonho de trabalhar na Avenida Paulista. E sonho bom é aquele bem detalhado, sabe? Tipo um script, com tudo resolvido e decidido. O meu era assim: profissional bem sucedido, trabalhando em um dos maiores e melhores bancos norte-americanos (CITIBANK), de terno e gravata (exceto na casual friday), com direito a pausaContinuar lendo “Um Domingo (na) Paulista(no) e o melhor: PASSEIOS GRATUITOS”

Mitos e Verdades sobre Passagens Aéreas

Comentamos reportagem do portal UOL sobre passagens aéreas e incluímos nossos pitacos para tornar sua viagem EXTRAORDINÁRIA

Quando as luzes não se apagam

O que é um pontinho luminoso que você consegue enxergar em qualquer lugar do Universo? Se penso no Sol, errado. Estamos falando da cidade mais luminosa, colorida e artificial do mundo: LAS VEGAS (LV). Já escrevemos um post (que vale por um guia) que você pode conferir clicando aqui. Toda essa agitação e excitação podemContinuar lendo “Quando as luzes não se apagam”

O Google e o Princípio do Rodízio

Já ouviu a expressão “quem sabe googlar vai para qualquer lugar”? Sei que soou estranho, mas tenho certeza que você entendeu o que quis dizer. Muito mais que um português puritano, estilo Dom Casmurro ou algo sonolento do tipo, prefiro a clareza da mensagem – os formalistas que me desculpem, mas a essência sempre deveContinuar lendo “O Google e o Princípio do Rodízio”