Viajar não é pra pobre

Vamos imaginar duas situações, duas vidas, duas pessoas: HORÁCIO e ERMÍNIO. Horácio ganha R$ 1.530,67 por mês. Leva 2 horas até chegar ao trabalho (sai antes do galo cantar e volta quando a lua já tá toda sorridente). Quando chega do trabalho, só quer descansar. Aos finais de semana não abre mão do futebolzinho, doContinuar lendo “Viajar não é pra pobre”

CONTÁGIO

Voltando de viagem de negócios, ela sente grande cansaço. Atribui ao jet lag e só quer tomar um banho e dormir sem hora para acordar. Os dias vão passando e os sintomas vão aumentando. Ao redor do mundo casos parecidos são divulgados e o pânico logo se espalha. A Organização Mundial de Saúde (OMS) declaraContinuar lendo “CONTÁGIO”

Viajando em casa

Acordo com a cabeça pesada e o corpo até meio dolorido – sinais de que dormi mais do que estou acostumado. Olho para o relógio e lembro que hoje é o dia que ele descansa e eu também – viva o domingão! Aquela alongada básica para começar a despertar o corpo (a mente ainda vaiContinuar lendo “Viajando em casa”